segunda-feira, 29 de agosto de 2022

Proposta de aplicativo pretende facilitar a doação de leite humano no RN

 


O Rio Grande do Norte pode ter, em breve, a sua primeira ferramenta tecnológica para doações de leite materno. Trata-se de um aplicativo que propõe substituir processos manuais e facilitar a interação entre potenciais doadoras e receptoras, ações importantes especialmente durante campanhas de incentivo à amamentação, como a do ‘Agosto Dourado’.

O projeto é desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Universidade Potiguar (PPGB/UnP) e foi idealizado pela aluna de doutorado Luzia Clara Cunha Menezes.  A pesquisadora analisou as atividades desenvolvidas no Hospital e Maternidade Divino Amor (HMDA), em Parnamirim (RN), e detectou a necessidade de modernizar os trâmites do banco de leite da unidade.

Assim como em outras unidades hospitalares, os processos atualmente utilizados para bancos de leite são manuais, com uso de comunicação por telefone em horário comercial, cadastro por meio de fichas impressas e controle em planilhas que não são eletrônicas.

O orientador da pesquisa, professor doutor Ricardo Cobucci, que é servidor no HMDA, ressalta que a ferramenta pode resultar, dentre outras coisas, na qualidade do leite humano doado.


Via Defato