quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Opinião é Tudo: Por Eci Júnior

 


Eleições municipais – Debate TCM

O dia 28 de outubro de 2020 ficou marcado na história da política apodiense. Pela primeira vez tivemos um debate entre os candidatos a prefeito transmitido por um canal de televisão.

Foi um bom debate, pautado no bom senso e sem baixaria. Uma ótima oportunidade, para quem ainda está na dúvida, de conhecer os planos de governo analisar um pouco de cada proposta.

Apesar de ser uma espécie de dois contra um, o que é normal nesse tipo de situação quando temos um candidato que tenta reeleição, os três candidatos foram objetivos nas falas.

No mais, parabenizar à TCM pelo pioneirismo e por nos proporcionar um ótimo debate com regras e imparcialidade que o evento merece. Apodi precisava disso.

Se ainda não se decidiu, assista ao debate (se ainda não assistiu) e analise cada candidato. As propostas estão na mesa e cabe a você, eleitor, decidir quem será o próximo ocupante do maior cargo do executivo em nossa cidade.

Fugindo da realidade.

Existem, na adversidade das pesquisas, duas formas de se trabalhar numa campanha. Uma é ser realista, trabalhar com os números expostos e buscar conquistar mais votos através da transparência. A outra é refutar números sem argumentos plausíveis, mentindo para o eleitor, deixando transparecer algo muito fora da realidade.

A quem opta pela primeira alternativa tem meu respeito e admiração.

A quem opta pela segunda e trabalha com mentiras só mostra quem verdadeiramente é e o que vai fazer quando chegar ao poder.

Já é a quarta pesquisa que sai com os números aproximados. Refutá-las sem embasamento é desleal com seu eleitorado. Repassar para o seu eleitor que todas as pesquisas são irreais e tendenciosas é trabalhar demais com a fertilidade da sua imaginação e achar que todo mundo é trouxa.

Compreendo perfeitamente que os líderes, apoiadores de um projeto político, foquem em não desanimar seus eleitores, porém este empenho deve (ou deveria) ser sempre pautado na verdade e no bom senso.

Estar atrás das pesquisas é ruim para um projeto político, claro. Porém podem ser retirados alguns pontos positivos delas e, quem sabe, pode até render bons frutos se esses números forem trabalhados de maneira verdadeira.

O que custa chegar para seus apoiadores/eleitores e abrir o jogo? "Olha, pessoal, estamos perdendo, os números não são bons, mas não devemos desanimar. Vamos ser realistas e trabalhar no sentido de melhorar. O projeto não pode acabar no dia da eleição." Ser verdadeiro é mais interessante que criar histórias mirabolantes. Garanto que se agir assim, mesmo na derrota, os apoiadores continuarão acreditando no projeto.

Fugir da realidade e dos números nunca será um bom caminho. Imagina agora como deve ficar um apoiador/eleitor quando ele acha que a campanha tá "arrochada" e descobre que mentiram pra ele o tempo todo? Exatamente, desanima.

Pensem bem. Isso é só uma dica de um cara que não entende porra nenhuma de política, mas sabe o quanto é prejudicial uma mentira.

“Conta tudo pra sua mãe, Rodrigo”.

A última polêmica da vez foi a resposta que o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, deu ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

O ministro, com uma consciência de uma criança de oito anos, chamou Rodrigo Maia de “Nhonho”, Referindo-se ao personagem gordo do seriado “Chaves”, depois que foi criticado pelo deputado no Twitter.

É nesse tipo de atitude que vemos onde o Brasil se meteu. Somos governados por pessoas com idade mental de criança.

O cara não pode receber uma crítica que age dessa forma. E isso não é exceção. São todos assim, inclusive o presidente.

Ah! E antes que venha a torcida organizada do governo federal falar sobre o PT e as suas roubalheiras vou logo dizendo que uma coisa não tem nada a ver com a outra.

O PT saiu, graças a Deus, e vai pagar por tudo que cometeu. Só acho que o Brasil já tá bem grandinho para ver pessoas mais capacitadas o governando.

Com tantos nomes bons, competentes e cheios de projetos pelo país, fomos eleger uma trupe que não pode, sequer, ser criticada ou contrariada que age logo como uma criança mimada e emburrada.

Paciência.

Em tempo: Enquanto escrevia este artigo, vi que Ministro do Meio Ambiente soltou uma nota onde diz que não foi ele quem escreveu a resposta para o deputado Rodrigo Maia. Salles afirma que teve a conta do Twitter invadida e alguém a utilizou para tecer críticas ao atual presidente da Câmara dos Deputados.

Eu, como gosto sempre de não se desfazer de nenhuma afirmação até que me provem o contrário, acredito, no momento, em Ricardo Salles. Se ele diz que não foi ele, quem sou eu, para dizer que foi. Por isso retiro o que falei sobre ele.

Mesmo assim, resolvi deixar a minha opinião aí em cima, porque ainda afirmo que muitos que fazem parte do governo federal, inclusive alguns ministros e ministras e até o presidente, agem como crianças mimadas que não podem ser contrariadas de forma alguma, vide alguns vídeos do excelentíssimo Presidente no seu cercadinho lá em Brasília.

Festas

Aos poucos a vida vai voltando à normalidade. Apesar de achar que estamos à beira de uma nova onda da pandemia, aqui no estado do Rio Grande do Norte alguns eventos já estão liberados.

Em Apodi, no dia 30 de outubro, terá a primeira festa “oficial” depois da pandemia. Trata-se do MC Rogerinho que acontecerá no Muralha’s Club e, de acordo com os organizadores, seguirá todos os protocolos de saúde, com distanciamento social e tudo mais.

Bem... Se tá havendo todo final de semana aglomerações e pequenas festas por todo estado, porque proibir outras?

Só acho que, numa festa, depois de um litro de uísque na cabeça, dificilmente alguém seguirá o distanciamento social.

No mais, desejo boa sorte e sucesso aos organizadores e artistas que farão a festa. Eles foram um dos mais afetados na pandemia e merecem retornar ao trabalho.

Sugestões e críticas.

Aqui estão os meus meios de comunicação. Aceito sugestões, opiniões e críticas. Fiquem à vontade:

E-mail: ecijunior@hotmail.com

Facebook: facebook.com/ecijunior

Twitter: twitter.com/ecijunior

Instagram: Instagram.com/eci_junior

 Até a próxima!