quarta-feira, 26 de agosto de 2020

E o cenário político em Pau dos Ferros...

 

Centro de Pau dos Ferros

O prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rêgo, do Democratas, vai tentar se eleger para o quarto mandato à frente da principal prefeitura do Alto Oeste do Rio Grande do Norte. Ele chega ao pleito com status de favorito. Por dois pontos:

1 – Faz uma gestão com bom índice de aprovação popular;

2 – Enfrentará uma oposição dividida.

No primeiro ponto, Leonardo Rêgo conta a seu favor as obras importantes que transformaram Pau dos Ferros, principalmente nas duas gestões anteriores, entre 2005 e 2012. É unanimidade na cidade a opinião que existem duas Pau dos Ferros, uma antes e outra depois dos governos de Leonardo. É, sem dúvida, um discurso forte para ser levado ao palanque eleitoral.

No segundo ponto, a oposição bate cabeça. Pelo menos quatro nomes estão postos como pré-candidatos: Dalderi Dalino, do PCdoB; Salismar Correa, do Solidariedade; Nilton Figueiredo, do PL; e José Ivan, o Mazaropi, do PT.

O pré-candidato do PCdoB não tem musculatura eleitoral para sonhar com vitória. Salismar, que é o atual vice-prefeito de São Miguel, transferiu seu título de eleitor para Pau dos Ferros com objetivo bem definido: ser candidato a prefeito e, com o rescaldo eleitoral, tentar se eleger deputado (federal ou estadual) em 2022.

Já Nilton Figueiredo é o nome mais forte da oposição. Ele foi prefeito da cidade por três vezes, sendo eleito em 1988, 1996 e 2000. Tem serviço prestado ao município e, reconhecidamente, é líder popular. Agora, a sua postulação depende de um entendimento jurídico, uma vez que ele tem condenação em colegiado. Há quem diga que Nilton está inelegível, mas o ex-prefeito entende que não.

Por fim, a oposição poderia ter se unido para enfrentar o favoritismo do prefeito. Talvez, e provavelmente, o melhor nome seria o do delegado da polícia civil Inácio Rodrigues, matriculado no PT, mas ele desistiu da pré-candidatura por não sentir respaldo do partido.

Dessa forma, o PT perde a oportunidade de ser forte em Pau dos Ferros e, hoje, se vira com a pré-candidatura de José Ivan, o Mazaropi, de pouca capilaridade político-eleitoral.

Portanto, a sucessão municipal de Pau dos Ferros tem o prefeito Leonardo Rêgo como favorito, diante de uma oposição que bate cabeça e não consegue estabelecer um projeto coeso e forte para fazer frente nas eleições municipais de novembro.


Por César Santos