terça-feira, 6 de dezembro de 2022

Previsão para o trimestre é de chuvas com volumes de normal a acima do normal

 


O ano de 2022 vem apresentando bons volumes de chuvas no Rio Grande do Norte e a previsão é que, para este último mês do ano, dezembro e os primeiros meses de 2023, o cenário permaneça com volumes de chuva de normal a acima do normal. Dados do Sistema de Monitoramento Hidrometereológico da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registram tendência do Fenômeno La Niña com o esfriamento das águas do oceano Pacífico, na faixa equatorial e o aquecimento do oceano Atlântico associado a atuação de sistemas metereológicos. Essas condições são determinantes para a formação e ocorrência de chuvas.

“Diante desse cenário apresentado pela tendência dos oceanos Pacífico e Atlântico, os próximos meses, dezembro/22, janeiro e fevereiro de 2023, é de que as chuvas ocorram dentro da condição de normal a acima do normal, com grande variabilidade nas distribuições temporal espacial pois os sistemas meteorológicos (Vórtices Ciclônicos de Ar Superior, Frentes Frias e Linhas de Instabilidade), que atuam nesse período são transientes e de baixa previsibilidade tanto no local e tempo de atuação”, comentou o chefe da unidade instrumental de Metereologia da Emparn, Gilmar Bristot.

Sobre as temperaturas, a média prevista para o Estado no próximo trimestre deve variar entre a mínima de 27,6ºC e 36,4°C. “O potiguar já tem sentido gradativamente mais calor em relação aos meses anteriores. No dia 21 o verão começa no Hemisfério Sul. Neste período é esperada a diminuição das nuvens no céu e há o consequente aumento da exposição solar”, explicou o meteorologista.

Análise dos próximos três meses

Pela climatologia, dezembro, primeiro mês da pré-estação chuvosa no Rio Grande do Norte, é o que menos chove no segundo semestre. A previsão chuvas médias no estado é de 16 milímetros (mm). Para as regiões Oeste, Central, Agreste e Leste o volume de chuva esperada é de 16,8mm, 15,4mm, 11,6mm 20,4mm, respectivamente “Normalmente as chuvas observadas em dezembro apresenta valores entre 1,0mm a 20, 30 mm, com maiores valores apresentados na região do Alto Oeste, Vale do Assú e Litoral Leste”, explicou Bristot.

Para janeiro de 2023, a média prevista para o estado é de 67,3mm. Bristot explica que “o mês apresenta índices que variam entre 20mm a 100mm em algumas áreas localizadas nas regiões Oeste e Litoral Leste. Na maior parte do estado predominam valores entre 20mm a 40mm. As chuvas deverão ficar próximo do normal”.

Já em fevereiro de 2023, primeiro mês da estação chuvosa, o volume de chuvas começa a elevar no interior, com acumulados entre 100mm e 150mm nas regiões Oeste e Seridó Potiguar. A média esperada é de 88,4mm para o estado, 116,7mm para o Oeste Potiguar, 89,3mm para o Litoral Leste Potiguar, 81,8mm para região Central Potiguar. 

O sistema de monitoramento pode ser acessado pelo site emparn.rn.gov.br, aba meteorologia ou meteorologia.emparn.rn.gov.br.


Via Defato


segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

RN volta a ter conexão direta com a Argentina

 


O Estado do Rio Grande do Norte voltou a receber o voo internacional com ligação direta para Buenos Aires, capital da Argentina, na madrugada deste domingo (04). Esse foi o primeiro desembarque do tipo no Aeroporto Internacional Aluízio Alves desde março de 2020. O voo incrementa a retomada do fluxo turístico internacional e impulsiona a atividade econômica no Estado.

Os passageiros desembarcaram pela companhia GOL Linhas Aéreas, em um voo direto que ligará Buenos Aires (EZE) – Natal (NAT). Para marcar esse retorno, a Secretaria Estadual de Turismo (Setur/RN) e a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) realizaram uma recepção aos turistas no voo inaugural. A ação contou com a parceria do Natal Convention Bureau.

Durante o ano de 2022, o Rio Grande do Norte retomou com força total as ações de promoção e divulgação no mercado argentino, acentuando a presença digital com parceiros e agentes de viagens, participando da Feira Internacional de Turismo da América Latina (FIT) em Buenos Aires (AR), rodadas de negócios, além da realização de um road show exclusivo do RN nas cidades de Buenos Aires, Córdoba, Rosário e Mendoza. Todas essas ações reforçaram a presença da rota em questão.

Região Nordeste tem alta incidência de empresas femininas

 


Um estudo inédito da Serasa Experian mostrou que das 20,6 milhões de empresas ativas no Brasil, 8,4 milhões, o equivalente 40,5%, têm mulheres como donas ou sócias majoritárias. No recorte por estados, os dados indicam que 7 dos 10 com maior incidência de negócios com líderes do gênero feminino são do Nordeste.

Do total de 8,3 milhões de empresas dirigidas por mulheres, que considera os dados nacionais, 84,7% possuem uma única sócia enquanto no universo masculino, esse percentual é menor, de 77,4%. Elas começam a empreender mais cedo que os homens, sendo 36,3% com idades entre 20 e 39 anos.

Ainda de acordo com a pesquisa, as empresas brasileiras com até 2 anos de atuação são majoritariamente dirigidas por mulheres (17,2%) do que por homens (14,2%). A maior taxa de representação feminina ocorre na faixa de 3 a 5 anos de existência, com 28,8% para elas e 25,3% para eles.

Quando o assunto é crédito, cerca de 70% das líderes dos negócios no país têm score pessoa física acima de 500, ou seja, menores as chances de inadimplência e maior a possibilidade de conseguir um empréstimo, cartão de crédito, financiamento ou crediário, por exemplo. Quando olhamos o score pessoa jurídica, a situação é inversa. 79,7% delas têm o score pessoa jurídica abaixo de 400.


Via Defato

terça-feira, 29 de novembro de 2022

No RN três cidades receberão selo Amigo da Família

 


Três cidades do Rio Grande do Norte receberão o Selo Município Amigo da Família (SMAF), iniciativa do Secretaria Nacional da Família do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (SNF/MMFDH) e reconhece municípios que adotam políticas públicas como Famílias Fortes, Reconecte, Família na Escola e Acolha a Vida para fortalecer os vínculos familiares.

No estado potiguar, recebem o Selo os municípios de Santa Cruz, Riacho da Cruz e Currais Novos. Em todo o país, foram contemplados 28 municípios. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de quinta-feira (24).

A iniciativa tem o objetivo de tornar público, em nível nacional, aos municípios brasileiros que, de acordo com o previsto em edital, adotam políticas públicas para fortalecer os vínculos familiares e promover os direitos e a proteção social das famílias residentes em seu território.

Assim, os municípios que receberem a certificação entram na lista de aprovados em portaria do MMFDH e podem usar a marca em ações de comunicação e de publicidade. Além disso, as iniciativas de fortalecimento de vínculos familiares das cidades contempladas com o SMAF poderão ser divulgadas no Observatório Nacional da Família, bem como serem apresentadas em eventos e divulgadas em reportagens, cursos ou materiais informativos organizados pela SNF.

segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Dezembro Vermelho chama a atenção para prevenção ao HIV/Aids e outras ISTs

 


Instituída pela lei nº 13.504/2017, a campanha Dezembro Vermelho marca uma grande mobilização nacional na luta contra o vírus HIV/Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis chamadas de ISTs. Ela chama a atenção para a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV.

O nome está relacionado à cor que simboliza a luta contra a doença e o respeito às pessoas soropositivas. A campanha é constituída por um conjunto de atividades e mobilizações relacionadas ao enfrentamento ao HIV/Aids e às demais ISTs, em consonância com os princípios do Sistema Único de Saúde, de modo integrado em toda a administração pública, com entidades da sociedade civil organizada e organismos internacionais.

Aids é a doença causada pela infecção do Vírus da Imunodeficiência Humana (da sigla em inglês HIV). Esse vírus, do tipo retrovírus, ataca o sistema imunológico, que é o responsável por defender o organismo de doenças. As células mais atingidas são os linfócitos T CD4+. O vírus é capaz de alterar o DNA dessa célula e fazer cópias de si mesmo. Depois de se multiplicar, rompe os linfócitos em busca de outros para continuar a infecção.

Os pacientes soropositivos, que têm ou não Aids, podem transmitir o vírus a outras pessoas pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação, quando não tomam as devidas medidas de prevenção. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações.

Todas as pessoas diagnosticadas com HIV têm direito a iniciar o tratamento com os medicamentos antirretrovirais, imediatamente, e, assim, poupar o seu sistema imunológico. Esses medicamentos (coquetel) impedem que o vírus se replique dentro das células T CD4+ e evitem, assim, que a imunidade caia e que a Aids apareça.


Via Defato

Brasileiros estão dispostos a pagar mais por alimentos saudáveis

 


A maioria dos brasileiros (64%) estaria disposta a pagar um preço acima da média por alimentos saudáveis e produzidos de forma sustentável, aponta a pesquisa do Instituto Akatu e GlobeScan. O estudo acompanha, ano a ano, atitudes e comportamentos do consumidor relacionados a estilo de vida. A edição deste ano foi feita em 31 países e, no Brasil, entrevistou 1.000 pessoas.

“A partir do momento em que a pessoa compreende o porquê esse produto é um pouco mais caro, se entende que isso está por trás daquele atributo de sustentabilidade, ela fica mais disposta a pagar por isso. Precisa ter esse entendimento e aqui tem uma grande oportunidade para as empresas trabalharem”, explica Bruna Tiussu, gerente de Comunicação do Akatu. Ela chama atenção que o ideal é que o valor desses produtos se aproximem dos convencionais, mas, para isso, há necessidade de políticas públicas.

A escolha por alimentos saudáveis e sustentáveis ocorre apesar da percepção de quase a totalidade dos entrevistados (98%) de que o preço nos supermercados está mais caro. No mundo, essa percepção foi relatada por 92%. Na média mundial, a disposição a pagar mais por alimentos saudáveis e sustentáveis foi citada por 61%.

Por outro lado, o percentual de brasileiros que se dizem dispostos a pagar mais por produtos ou marcas mais sustentáveis caiu de 60% para 55%. Na média dos países, esse percentual é de 57%. Para 84%, há o desejo de reduzir o impacto individual sobre o meio ambiente e a natureza. Na pesquisa anterior, o percentual era 86%. A média mundial soma 73%.


Via Defato

sexta-feira, 25 de novembro de 2022

15 Municípios ganham novas unidades do restaurante popular


Mais uma etapa do reordenamento do Programa Restaurante Popular, do Governo do Estado e executado pela Sethas, foi concluída dia 18 de novembro com o início de operação de oito novos contratos de prestação de serviços em quinze municípios.

Os novos contratos foram assinados para as unidades de Apodi, Areia Branca, Assu Canguaretama, Ceará-Mirim, Jardim de Piranhas, João Câmara, Jucurutu, Macau, Mossoró, Natal (bairros Pompeia e Planalto), Santa Cruz, Santo Antônio, São José de Mipibu, São Miguel.

A implementação desses novos contratos prevê uma economia anual de R$ 9,1 milhões aos cofres públicos. Tais mudanças já provocaram redução de gastos, movimentação da economia territorial do RN com a aplicação da Lei do Pecafes (Programa Estadual de Compras Governamentais da Agricultura Familiar e Economia Solidária do RN),  maior inclusão de pessoas em vulnerabilidade social além de  regionalização dos cardápios.

 Unidades com novos endereços:

- Apodi (Rua Nonato Mota, nº 90);
- Areia Branca (Rua Cel. Liberalino, nº 12);
- Ceará-Mirim (Avenida Luiz Lopes Varela s/n);
- Macau (Rua Almirante Ildelfonso Moura, nº 210);
- Natal (Rua Miramangue nº 1127, Planalto);
- Santa Cruz (Travessa Cosme Ferreira Marques, nº 191 – Centro);
- Santo Antônio (Rua Marechal Floriano, 189 - Centro na rua da Pedra);
- Jucurutu (RN 118, n° 20 (ao lado do posto São João).

quinta-feira, 24 de novembro de 2022

Restos de Frentes Frias e La ñina provocam chuvas fortes no interior do RN

 


O mês de novembro de 2022 nem terminou, mas o potiguar vem percebendo um mês mais chuvoso quando comparado a anos anteriores. As análises do Sistema de Monitoramento Hidrometereológico da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registram a média, até esta terça (22), em 24,3 milímetros (mm) no Estado, superando em 130,6% a média esperada para o mês inteiro, que era de 10,6mm.

A região Oeste do RN atingiu a média de 46,9mm enquanto que o volume esperado era de 11,1mm. Os municípios que mais choveram foram Serra Negra do Norte, com 161,6mm e Luís Gomes, com 145.2mm. “O mês de novembro de 2022 tem apresentado boas chuvas, distribuídas em praticamente todas as regiões do Estado com maior concentração nas Regiões do Seridó e no Alto Oeste. O ano de 1947, teve chuva boas em todo o estado. Luiz Gomes, apresentou valor de 167,4mm no mês de novembro. A média em novembro naquele ano foi de 57,1mm”, comentou o chefe da unidade instrumental de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.
 
As chuvas são causadas, segundo Bristot devido a restos de Frentes Frias das regiões Sul/Sudeste, que conseguiram atingir a Região Nordeste neste ano associada ainda a presença do fenômeno La Niña, que mesmo com intensidade fraca contribuiu para a ocorrência das chuvas no território potiguar. “Climatologicamente, o mês de novembro apresenta índices pluviométricos em torno de 10,6mm. Neste ano foi diferente com a presença das Frentes Frias e da La Niña”, disse o metereologista.
 
Previsão

A tendência para os próximos meses, dezembro de 2022, janeiro e fevereiro de 2023, de acordo com as análises, é de ocorrência de chuvas com volumes de normal a acima do normal. “Existe a previsão do fenômeno La ñina permanecer no Oceano Pacífico até meados de 2023 e as condições termodinâmicas do Oceano Atlântico se manter mais aquecidas e devido a isso, há uma forte tendência de precipitações de normal a acima do normal”, finalizou Bristot.

Via Defato

Estudo mostra que RN vacinou 78,9% da população contra Covid-19

 


Rio Grande do Norte apresenta cobertura vacinal contra covid-19 de 78,9% da população com mais de 3 anos de idade até outubro deste ano. A média nacional de vacinação da população com uma das quatro vacinas disponíveis - Janssen, Coronavac, Pfizer e Astrazeneca - ficou em pouco acima de 78% (dados de outubro de 2022). Na Região Nordeste, apenas 2,7% dos municípios apresentaram cobertura superior a 80%. No Sul, 30%, no Sudeste 27,2%, no Centro-Oeste 11,8% e no Norte 1,1%.

A gestão sanitária e estratégica do governo brasileiro durante a pandemia de covid-19 foi analisada pelo estudo "Desigualdade no Acesso a Vacinas contra Covid-19 no Brasil", que a Oxfam Brasil lançou nesta quarta-feira (23/11) no 13º Congresso de Saúde Coletiva promovido pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) em Salvador (BA). O Brasil teve cerca de 700 mil mortes por covid-19 durante a pandemia, e a maioria delas (424 mil) ocorreu quando já havia vacina disponível, em 2021 - no ano anterior, morreram cerca de 195 mil pessoas no país.

O estudo mostra ainda que cidades com baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) tiveram taxas de cobertura vacinal mais baixas. A atuação negligente e desordenada do governo federal, a ausência de campanhas públicas informativas, a gestão inadequada e falta de estratégia nacional entre a União e os estados são apontados pela Oxfam Brasil como os principais fatores que impediram o país de atingir a meta vacinal de 90% contra a covid-19 estabelecida pelo Ministério da Saúde e deixou milhões de brasileiras e brasileiros expostos aos riscos da covid-19 em diversas regiões brasileiras.

quinta-feira, 27 de outubro de 2022

Com déficit de 3,8 mil agentes, policiais cobram reposição de vagas

 


Com um déficit de 3,8 mil servidores na Polícia Civil, as entidades de representação da categoria apontam a necessidade de aumento do efetivo, com a convocação dos classificados no último concurso. Segundo o Sindicato dos Policiais Civis, o Estado teria como repor mais 115 vagas de agentes, escrivães e delegados, deixadas por aposentadorias, exonerações e falecimentos, além das 360 nomeações efetivadas na semana passada. A comissão de classificados do certame diz que há espaço para reposição imediata dos postos, mas “falta de vontade política”. Com 1.251 agentes, RN tem hoje menos policiais do que em 2016, quando o baixo efetivo de 1.352 agentes motivou a abertura do concurso, segundo levantamento.

“O Tribunal de Contas e o Ministério Público autorizaram o governo a repor as aposentadorias e as mortes desde 2016, que poderiam ter sido repostos de forma imediata pelo governo, mas o governo não quis, preferiu fazer uma turma menor de 400 e só formou 360. Se o governo quiser tem vaga de reposição imediata, não precisa nem fazer acordo. É isso que estamos cobrando”, diz Adson Felipe Rocha, membro da comissão dos classificados. A TN tentou ouvir o Governo do Estado sobre a possibilidade de novas convocações, mas não obteve retorno.

Entidades representativas dos policiais civis ressaltam que o processo em curso, que deve empossar 360 agentes até novembro, somente repõe parte das vagas abertas pelos policiais que se aposentaram e não representa incremento real do efetivo. Com os novos convocados, o efetivo deve chegar próximo a 1,5 mil agentes, mas o organograma da instituição prevê 5.150 profissionais, portanto o déficit deve permanecer na casa dos 70%. Atualmente, sem os novos nomes, o déficit da corporação é de 75,8%. O Estado ainda terá mais 154 vacâncias, de policiais civis aptos a pedir aposentadoria.

Via Tribuna do Norte

terça-feira, 25 de outubro de 2022

lançado edital de concurso público para o Corpo de Bombeiros Militar do RN

 


As inscrições para o concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) iniciam na próxima segunda-feira (31), a partir das 08h, e seguem até às 23h59 do dia 30 de novembro. Estão sendo ofertadas 102 vagas para o cargo de soldado e 02 vagas para o quadro de Oficial da Saúde, sendo especificamente para médicos, das especialidades de psiquiatria (01 vaga) e cardiologia (01 vaga). As provas objetivas e dissertativas serão realizadas no dia 08 de janeiro de 2023. O Diário Oficial do Estado do RN desta terça-feira (25) traz os detalhes do certame.  

Os conteúdos programáticos para todas as provas do concurso serão disponibilizados no site da Comperve (www.comperve.ufrn.br), a partir desta quarta-feira (26). Os candidatos aprovados poderão ser nomeados para qualquer organização do Corpo de Bombeiros do RN e o nível de escolaridade exigido pelo certame é o ensino superior. A remuneração inicial para o cargo de soldado é de R$ 3.929,01 e para o quadro de oficial da saúde é de R$ 10.804,77.

De acordo com o comandante-geral do CBMRN, coronel Luiz Monteiro Júnior, o concurso público renova os quadros de praças e oficiais da corporação. “Foram autorizadas 104 vagas. É mais uma grande notícia para o nosso CBMRN. Graças ao esforço do atual Governo foram convocados mais de 300 bombeiros na gestão da Professora Fátima, um trabalho formidável que vem sendo feito na Segurança Pública”, frisou. 

Confira o cronograma e mais informações sobre o certame: 

Edital 01 – Cargo de Soldado

Edital 02 – Quadro de Oficial da Saúde


Via Defato

segunda-feira, 24 de outubro de 2022

Aparelho criado pela UFRN facilita identificação de problema na construção

 


Uma solução para o monitoramento automático das diferenças de deslocamentos verticais entre duas edificações baseado no processamento digital de imagens. Trata-se de mais uma nova tecnologia desenvolvida na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com depósito de pedido de patente realizado no mês de agosto.

Denominado Dispositivo para cálculo de recalque relativo ou RedeRecalque, o novo produto é formado por um apontador laser instrumentado e um sistema embarcado para captação e processamento de imagens. A invenção contou com a participação dos cientistas Allan de Medeiros Martins, Samaherni Morais Dias e Kurios Iuri Pinheiro de Melo Queiroz, todos professores do Departamento de Engenharia Elétrica da Instituição.

Esses deslocamentos descendentes na construção civil são também chamados de recalques, ocorrem em virtude do carregamento natural da estrutura e são bastante comuns. Contudo, devem se manter dentro de um intervalo admissível especificado no projeto das fundações, pois, caso contrário, pode ocorrer o comprometimento do prédio. Um exemplo é quando um pilar “afunda” em uma medida destoante em relação a outro pilar, podendo causar danos como trincas e ranhuras e, em casos mais extremos, até o colapso parcial ou total da estrutura. Para além disso, a segurança dos trabalhadores envolvidos na obra pode ser afetada.

Atualmente, essa medição da diferença é marcada pela imprecisão e utiliza o teodolito, instrumento capaz de medir angulação de objetos diversos, desde edifícios e torres até mesmo plantas, com uso disseminado em áreas como meteorologia e navegação. Na construção civil, usualmente cabe a um topógrafo operá-lo. O profissional faz, manualmente, a anotação dos ângulos e necessita sempre de alguém o auxiliando para conseguir realizar a medição e o alinhamento dos ângulos durante o levantamento – o que implica lentidão no processo. Além disso, um outro ponto fraco é que o aparelho não realiza a leitura de distâncias.


Via Defato

Receita libera consulta a lote residual do Imposto de Renda

 


Cerca de 470 mil contribuintes que haviam caído na malha fina e acertaram as contas com o Fisco receberão R$ 800 milhões. A Receita Federal abre hoje (24) consulta ao lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física de outubro.

A consulta pode ser feita a partir das 10h na página da Receita Federal na internet. Basta o contribuinte clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, no botão “Consultar a Restituição”. Também é possível fazer a consulta no aplicativo da Receita Federal para tablets e smartphones.

O pagamento será feito em 31 de outubro, na conta informada na declaração do Imposto de Renda. Ao todo, 471.447 contribuintes que declararam em anos anteriores foram contemplados. Desse total, 6.483 têm mais de 80 anos, 54.365 têm entre 60 e 79 anos, 5.516 têm alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 23.070 têm o magistério como principal fonte de renda.

Caso o contribuinte não esteja na lista, deverá entrar no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) e tirar o extrato da declaração. Se verificar pendência, pode enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes da malha fina.

Se, por algum motivo, a restituição não for depositada na conta informada na declaração, como no caso de conta desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Nesse caso, o cidadão poderá agendar o crédito em qualquer conta bancária em seu nome, por meio do Portal BB ou ligando para a Central de Relacionamento do banco, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição depois de um ano, deverá requerer o valor no Portal e-CAC. Ao entrar na página, o cidadão deve acessar o menu “Declarações e Demonstrativos”, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, no campo "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".

sexta-feira, 21 de outubro de 2022

RN tem 3º maior aumento de inscritos no Enem do Nordeste

 


O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), porta de entrada para as universidades públicas e ingresso ao ensino superior, acontece em novembro. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), o RN registrou o terceiro maior crescimento no número de inscritos para o Enem, somando 86.422 cadastrados. No comparativo ao ano de 2021, que teve 80.427, ocorreu um aumento de 7, 45%, taxa que está acima da média nacional de 0,2 %, mas ainda menor em relação aos números registrados em edições anteriores.

O primeiro lugar no ranking de taxas de crescimento é ocupado por Sergipe. Apesar de apresentar o segundo menor total de inscritos este ano, o estado apresentou a maior taxa de crescimento com 16,86% pessoas a mais de inscrições. Em números absolutos, o estado saltou de 49.116 inscritos em 2021 para 57.396 inscritos na edição deste ano. 

Mantendo a variação positiva, Alagoas saiu de  57.663 para 62.723 inscrições no Enem deste ano. Em percentual, o crescimento foi o segundo maior entre os estados nordestinos, somando  8,78%. Ainda, segundo mostram os dados do INEP, o Piauí  registrou 4,31% de pessoas a mais no exame, crescendo de 79.867 para  83.308 participantes. Aumentos também foram registrados no Maranhão e Ceará que tiveram, respectivamente, 1,92% e  1,26%  de inscritos a mais para a prova deste ano.


Via Tribuna Do Norte

Bancos terão horário especial em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo

 


A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) divulgou os horários de funcionamento dos bancos em dias de jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo. A informação é do Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região.

O Mundial começa no próximo dia 20 de novembro e segue até 18 de dezembro. O evento acontece no Catar, no Oriente Médio, mas o Brasil costuma parar durante os jogos da seleção. Os bancos também terão horário especial de funcionamento nestes dias.

Confira os horários de funcionamento dos bancos divulgados pela Federação Brasileira dos Bancos – Febraban:

Jogos realizados às 12h:

• Horário de Brasília: bancos abrirão das 9h às 11h e das 15h30 às 16h30.

Jogos realizados no horário das 13h00

• Horário de Brasília: bancos abrirão das 8h30 às 11h30

Jogos realizados no horário das 16h00

• Horário de Brasília: bancos abrirão das 9h às 14h

Dias de jogo do Brasil na primeira fase da Copa:

Na primeira fase da Copa do Mundo o Brasil fará três jogos, sendo dois às 16h e um às 13h.

– Brasil x Sérvia – quinta-feira, 24/11 – 16h

– Brasil x Suíça – segunda-feira, 28/11 – 13h

– Camarões x Brasil – sexta-feira, 02/12 – 16h

Possíveis jogos

Se a seleção avançar para as oitavas de final em primeiro no seu grupo, o jogo será no dia 5 de dezembro (segunda-feira) às 16h. Se for segundo, jogará no dia 6 (terça-feira), também às 16h.

Nas quartas de final, o jogo seria às 12h, no dia 9 (sexta-feira) ou 10 de dezembro (sábado).

As semifinais acontecerão nos dias 13 (terça-feira) e 14 (quarta-feira), sempre às 16h.

A disputa do terceiro lugar será no sábado, 17, às 12h. Já a grande final acontece no dia 18, domingo, às 12h.

terça-feira, 18 de outubro de 2022

Nordeste Conectato começa a instalar pontos de internet Wi-Fi em praças de Mossoró

 


As praças da Redenção (Centro) e do Rotary (Nova Betânia) estão recebendo pontos de internet sem fio (Wi-FI) esta semana. A ação faz parte do programa “Nordeste Conectado”, que conta com recursos do Ministério das Comunicações e é executado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). Mossoró é uma das 19 cidades do Nordeste contempladas com a iniciativa.

No Rio Grande do Norte, apenas Mossoró e Caicó terão acesso à internet Wi-Fi em praças públicas nesta etapa atual do programa. A instalação dos equipamentos teve início nesta segunda-feira (17) e deve ser concluída nos próximos dias. O projeto garante a oferta de internet banda larga a partir de 100 Mb/s, para 80 conexões simultâneas por ponto de conexão.

Sobre o “Nordeste Conectado”

O programa “Nordeste Conectado” contribui para a expansão e capilarização da rede acadêmica nacional, a rede Ipê, por meio da construção conjunta de redes metropolitanas em 19 cidades da Região Nordeste, bem como para a sua evolução tecnológica, dentro do projeto Sétima Geração da rede Ipê.

A ação oferece uma infraestrutura de altíssimo desempenho, a uma taxa de transmissão de dados de até 100 Gb/s. Dessa forma, universidades federais, institutos federais e unidades de pesquisa podem usufruir de uma rede de alta velocidade, conectadas a outras instituições no Brasil e no mundo, além de escolas (municipais e estaduais) e praças públicas, fomentando a economia e desenvolvimento local na região atendida.


Via Defato

Ministro da Saúde faz novo apelo pela vacinação de crianças contra a pólio

 


Ainda distante da meta de vacinar 95% das crianças menores de 5 anos de idade - cerca de 11,5 milhões - contra a poliomielite no país, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez hoje (17) um novo apelo para que os pais ou responsáveis levem suas crianças às salas de vacinação. Nesta segunda-feira é comemorado o Dia Nacional da Vacina.  

Até o momento, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, a campanha imunizou 65,6% do público-alvo, cerca de 7,6 milhões de crianças. Apenas a Paraíba, com 95,09% das crianças imunizadas, atingiu a meta nacional. No Amapá, a imunização está em 90,8%, segundo a pasta. 

Alerta

O Brasil não registra casos de paralisia infantil desde 1989, mas com a queda das taxas de vacinação desde 2015, diversos órgãos ligados à saúde alertam para o risco de retorno da doença.

A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), agência ligada à Organização das Nações Unidas (ONU), advertiu em setembro que esse risco é muito alto. "Precisamos vacinar a população, principalmente nossas crianças. É inaceitável que, em pleno século 21, nós tenhamos sofrimento das nossas crianças por doenças que já estão erradicadas há muito tempo", acrescentou Queiroga.

De acordo com o Ministério da Saúde, a meta de cobertura vacinal contra a poliomielite em crianças menores de 1 ano não é atingida desde 2017. 

Ao listar esforços das secretarias de saúde de muitos estados que ainda não atingiram a meta, como atendimento em horários ampliado e aos finais de semana, Marcelo Queiroga também destacou que a baixa adesão tem ocorrido no mundo todo e que o comportamento não é uma exclusividade do Brasil. Queiroga ressaltou ainda que as vacinas do calendário nacional seguem disponíveis nos 38 mil postos de saúde do Brasil.

Poliomielite

A poliomielite ou pólio é uma doença contagiosa aguda causada por um vírus que vive no intestino, chamado poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas infectadas. Nos casos mais graves da doença, também chamada de paralisia infantil, ela provoca o comprometimento do sistema nervoso, levando à paralisia de membros e alterações nos movimentos e pode até ser fatal.


Via Agência Brasil

quinta-feira, 13 de outubro de 2022

Restauração da RN-233 já está 60% concluída; rodovia liga municípios do Oeste

 


A restauração e alargamento de 41 km da RN-233 chegou a 60% de sua execução, sendo que um trecho de 20 km já está disponível para uso, facilitando a mobilidade entre as regiões do Alto e Médio Oeste, beneficiando mais de 40 municípios. Esta é uma das maiores obras de infraestrutura rodoviária do estado, na qual o Governo do RN está investindo R$ 73,9 milhões, por meio do Projeto Governo Cidadão e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), junto ao empréstimo estadual com o Banco Mundial.

Os serviços em andamento são de pavimentação, execução de pontes e instalação de sinalização vertical e horizontal, com previsão de finalização para dezembro deste ano. Entre as principais mudanças estão o alargamento da rodovia, que passará de seis para sete metros de largura, ganhando um metro de acostamento e meio metro de drenagem em cada lado. A obra vai do entroncamento da BR-304, em Assú, passando pelo município de Paraú, até à BR-226, nas imediações do município de Triunfo Potiguar.

Coordenador do Projeto Governo Cidadão, Gustavo Coêlho, secretário estadual de Infraestrutura (SIN), destaca que a ação “beneficia diretamente o tráfego de veículos pesados que fazem o escoamento da produção local de frutas e minérios, apoiando o desenvolvimento econômico regional, uma das premissas do Governo Cidadão”.

A intervenção não estava prevista no plano de aplicações do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial, mas, pela sua importância, foi encaixada. O Projeto vem colaborando, significativamente, para que o Governo do RN invista um considerável volume de recursos financeiros em sua malha viária, com a implantação e/ou recuperação de rodovias, que somam R$ 250 milhões em dez estradas. Até o momento, foram beneficiados 217 quilômetros de estradas, além dos 41 km da RN-233.


Via Defato

quarta-feira, 12 de outubro de 2022

Anvisa autoriza ampliação da validade de vacina da Pfizer

 


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta segunda-feira (10) a ampliação do prazo de validade de vacinas Comirnaty (Pfizer/Wyeth) contra a covid-19. Segundo o órgão, o prazo será de 15 meses para o imunizante destinado a adultos, que é identificado com a tampa roxa. 

A Anvisa informou que a medida vale para vacinas com validade inicial de nove e 12 meses, que passarão a ter seis e três meses adicionais, respectivamente.

A medida foi feita a partir da aprovação da gerência de produtos biológicos da agência.

"Também foi considerado que as medidas indicadas pela empresa Pfizer/Wyeth permitem a manutenção da rastreabilidade e identificação quanto ao prazo de validade dos lotes já distribuídos da vacina", afirmou o órgão.

A vacina Comirnaty na versão pediátrica (tampas laranja e vinho) não tiveram alterações e continuam com prazo de validade de 12 meses.


Via Agencia Brasil

terça-feira, 11 de outubro de 2022

Campanha de vacinação contra pólio é prorrogada até o dia 31 de outubro em todo RN

 


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) prorrogou até o dia 31 de outubro a campanha de vacinação contra a poliomielite no Rio Grande do Norte. O estado atingiu o percentual de 54% das crianças menores de cinco anos vacinadas, mas a meta preconizada pelo Ministério da Saúde é 95% deste público.

De acordo com os dados do Portal RN + Vacina, já foram vacinadas 100.315 crianças até a manhã de sexta-feira (7). Para tentar ampliar a cobertura vacinal em todo o estado a Sesap recomenda aos municípios que, no próximo sábado (22), seja realizado mais um Dia D de vacinação, com os postos de saúde abertos e também ampliação dos locais para imunização, como parques, praças e supermercados.

Desde 2017 o RN não vem conseguindo atingir o percentual de cobertura para a pólio estipulado pelo Ministério da Saúde. Em 2021, o número foi de 69,88%; em 2020 um total de 69,7%; em 2019 atingiu 80,74%; em 2018 obteve 90,32% e chegou aos 69,52% em 2017.

“A queda da cobertura vacinal é um fenômeno multifatorial que perpassa todo o país, como mostram as pesquisas, contando nisso uma campanha anti-vacina que infelizmente de forma crescente atinge várias camadas da sociedade. A Sesap seguirá trabalhando de forma constante para recuperar a cobertura vacinal ideal, atuando diretamente em cooperação com os municípios, que são os responsáveis pela operacionalização do processo, ofertando ajuda técnica e parceria na realização de mutirões de vacinação constantemente”, disse a coordenadora de vigilância em saúde da Sesap, Kelly Lima.